quarta-feira, 15 de maio de 2013

Igreja evangélica anuncia que não fará casamentos para casais heterossexuais até que casamento homossexual seja legalizado.




Não tenho duvidas de que realmente Jesus esta voltando e meu desejo é que volte logo. 
Uma igreja da cidade de Winston-Salem, no estado norte americano da Carolina do Norte, anunciou ter decidido parar de realizar cerimônias de casamento para casais heterossexuais até que o casamento homossexual seja legalizado.
Em um comunicado oficial, funcionários da Igreja Metodista Green Street United pedem que outras igrejas também adotem o movimento de “recusar-se a assinar licenças de casamento do Estado até este direito seja concedido a casais do mesmo sexo”.
De acordo com a CBS, o comunicado acrescenta ainda: “Porque a Igreja Metodista Unida proíbe seus pastores de realizar casamentos de mesmo sexo, excluindo os casais de gays e lésbicas do santo sacramento do matrimônio, o Conselho de Liderança pediu ao pastor que se abstenha de realizar cerimônias de casamento em nosso santuário de casais heterossexuais, até que a denominação acabe com a proibição a casais do mesmo sexo”. A Igreja pede ainda, em comunicado publicado em seu site, que serviços como aconselhamento pré-marital sejam oferecido aos casais de todas as orientações sexuais. 
Que tipo de igreja cristã é essa ? aonde ficaram os principio bíblicos ? a função da igreja e ensinar valores cristãos e não apoiar. Da mesma maneira que a igreja não apoia a pratica incestuosa, feitiçarias não devia apoiar,  pensou se essa moda chega no Brasil ?

Santo sudário a verdadeira face de Cristo ?



 Muitas reflexões são realizadas, em especial, sobre o Santo Sudário. A Sagrada Face de Cristo, como transparência do seu mistério interior, é um tema central na pregação de São Paulo e em diversas escolas de espiritualidade. Sobre isto, o grande Apóstolo fez uma de suas mais fortes afirmações: “Nele habita corporalmente a plenitude da

GUIA PRÁTICO DA NOVA ORTOGRAFIA, Saiba o que mudou na ortografia brasileira




O acordo ortográfico da Língua Portuguesa, assinado em Lisboa, em 16 de dezembro de 1990, por Portugal, Brasil, Angola, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e, posteriormente, por Timor Leste, foi aprovado no Brasil, com força de lei em

liderlagoinha@gmail.com