quarta-feira, 22 de maio de 2013

Aviso do “Graph App” no Facebook é falso (boato)




Por esta altura, é provável que pelo menos um dos seus amigos já tenha partilhado este “aviso”; provavelmente também você já o fez. Esta corrente já circula há algumas semanas em inglês e começa agora também a surgir em português em várias actualizações de estado no Facebook. Porém, este aviso é falso!
São vários os boatos que têm circulado no passado sobre uma alegada mudança nas definições de privacidade do Facebook, com a promessa de uma solução “milagrosa” para prevenir olhares estranhos sobre o que se pretende manter privado. Já falei em tempos de um outro aviso de privacidade e do boato do Google passar a indexar os perfis pessoais: todos falsos, obviamente. Porém, de cada vez que o Facebook anuncia uma alteração (a funcionalidade deste boato nem se chama “Graph App”), surgem estes embustes que se aproveitam do facto da maioria dos utilizadores desconhecerem o modo de funcionamento da rede social.
Informo todos os meus amigos de que dentro de dias fecharei as portas a todos os que não fizerem o que aqui peço. O Facebook mudou as suas configurações de privacidade mais uma vez! Devido ao “gráfico app” novo, qualquer um no facebook (incluindo noutros países) pode ver as tuas imagens, gostos e comentários. Agradeço, pois, que procedam conforme indico e mo comuniquem. Depois, terei de apagar aqueles de vós que não evitarem que a minha informação seja acessível ao público. Eu posto fotos de família a que não quero que estranhos tenham acesso! Isso pode acontecer quando os amigos clicam em “gosto” ou “comentário” …. automaticamente, os teus amigos iriam ver os nossos posts, também. Infelizmente, não podemos alterar essa configuração por nós mesmos, porque o Facebook foi configurado desta forma.
Como aceder ao meu pedido? Por favor coloca o rato sobre o meu nome acima (não cliques). Será exibida uma janela. Agora, move o rato em “Friends / Amigos” (também sem clicar), depois para baixo para “definições/configurações”, clica aí e aparecerá uma lista. Remove a selecção em “Eventos de vida e” Comentários e gostos “. Ao fazeres isso, a minha actividade que quero preservar só entre os meus amigos e familiares já não se torna pública. Agora, copia e cola isto no teu mural. Assim que vir esta mensagem postada na sua página, farei o mesmo. Obrigado!”

Porque é que isto é falso?

Vamos lá analisar o texto:
  1. “Devido ao ‘gráfico app’ novo, qualquer um no facebook (incluindo noutros países) pode ver as tuas imagens, gostos e comentários.”
    Em primeiro lugar, a nova funcionalidade do Facebook chama-se “Graph Search“. Esta funcionalidade não coloca as suas publicações visíveis a todos. A visibilidade das suas publicações é definida no momento da sua publicação, nas definições de privacidade. As páginas de fãs (não confundir com os perfis pessoais) são públicas por defeito, logo as suas publicações e respectivos likes (gostos) são também públicos, aparecendo no feed de notícias dos seus amigos e subscritores.
    Em alguns casos o administrador da página pode definir um âmbito geográfico para a sua publicação (um país ou uma língua específica); neste caso, só quem tenha definido uma residência ou língua correspondentes é que irá ver essa publicação e os respectivos likes ou comentários.
    Lembre-se que para ver um perfil pessoal do Facebook é preciso ser um utilizadorregistado desta rede. Mesmo as publicações marcadas como públicas não são visíveis fora do Facebook, nem mesmo para o Google ou outros motores de busca. As páginas de fãs, sendo um veículo promocional de marcas e negócios, já estão visíveis para todos e podem aparecer nos resultados de pesquisa nos motores de busca.
  2. “Eu posto fotos de família a que não quero que estranhos tenham acesso! Isso pode acontecer quando os amigos clicam em “gosto” ou “comentário” …. automaticamente, os teus amigos iriam ver os nossos posts, também. Infelizmente, não podemos alterar essa configuração por nós mesmos, porque o Facebook foi configurado desta forma.”
    Se as suas fotografias são privadas, não as publique online: a Internet é potencialmente um local de partilha livre, onde a informação circula à velocidade da luz. Nada impede um utilizador de gravar a sua fotografia no disco do seu computador para depois partilhá-la no seu próprio perfil, noutra rede social ou até através de email.
    Como já disse, as definições de privacidade são extensíveis aos comentários e “gostos”Antes de interagir com uma fotografia, publicação ou partilha verifique as definições de privacidade da publicação. Tenha em atenção que:
    • Se a publicação estiver visível apenas para os amigos do autor, apenas estes verão os seus comentários e “gostos”. Os amigos partilhados verão esta acção também no seu feed de notícias.
    • Se a publicação estiver visível para os amigos dos amigos do autor, todos os seus amigos também a poderão ver. Todos os seus amigos verão os seus “gostos” e comentários também no seu feed de notícias.
  3. “Como aceder ao meu pedido? Por favor coloca o rato sobre o [...]. Ao fazeres isso, a minha actividade que quero preservar só entre os meus amigos e familiares já não se torna pública.”
    As instruções dadas aplicam-se apenas ao que é publicado no feed de notícias. Mesmo que as publicações não apareçam aí, elas podem ser vistas entrando no perfil do amigo, caso as definições de privacidade assim o permitam.

Conclusão

Perante esta análise, as conclusões a tirar são óbvias: o objectivo de quem cria estes esquemas é prejudicar a experiência dos utilizadores do Facebook e semear o pânico e a desconfiança entre os menos informados. Por isso, não caia na tentação de partilhar este boato
Se um dos seus amigos partilhar este texto avise-o através de comentário ou de mensagem privada. Seja pro-activo e partilhe este artigo de forma a dissuadir os seus amigos de “caírem na esparrela” e a incentivar os que “caíram” a apagarem a publicação.
Tenha espírito crítico e seja precavido:

liderlagoinha@gmail.com